Dicas para uma higienização eficiente das áreas comuns

Para começar, podemos dizer que a Covid-19 transformou a forma como a limpeza das áreas comuns é feita dentro dos condomínios.

Afinal de contas, em tempo de crise sanitária, os processos de higienização ganham ainda mais importância. Isto porque tais procedimentos se tornam essenciais para garantir a segurança e o bem-estar dos condóminos e visitantes. Principalmente no que diz respeito aos espaços partilhados.

Pensando nessa questão, elaborámos um conteúdo especial para si onde lhe explicamos como é feita a limpeza destas áreas comuns.

Dessa forma, saberá se a tarefa está a ser feita de forma correta. Garantir a segurança de todos nunca é demais.

Continue a leitura e descubra tudo!

Áreas comuns: Locais que merecem uma atenção especial na limpeza

Sem dúvida, estes são os espaços mais suscetíveis de contaminação e consequente propagação.

Ainda não sabe quais são as áreas comuns do condomínio? Não tem problema. Nós explicamos.

As áreas comuns são espaços utilizados por todos os condóminos, tais como hall de entrada, elevadores, salões de festa, espaços desportivos, espaços gourmet, churrasqueira, piscina, playground, entre outros.

Portanto, estas áreas merecem o máximo de atenção no momento da limpeza.

E como é feita a higienização destes espaços?

Toda a limpeza do condomínio é feita a partir de um cronograma. Sendo assim, estes espaços, por possuírem uma grande circulação de pessoas exigem maior cuidado em relação à definição do cronograma.

Desta forma, é necessário estipular uma frequência de higienização para cada uma destas áreas comuns.

A frequência deve ser definida de acordo com fluxo de pessoas que utiliza o local e grau de sujidade que se acumula no ambiente.

De forma simples e resumia, a limpeza geral é o método mais assertivo para a higienização destes espaços com grande circulação de pessoas.

Portanto, esta tarefa pode ser realizada todos os dias, ou uma vez por semana. Uma dica é determinar a higienização de certos ambientes de hora em hora, podendo também ser feita em intervalos maiores.

Tudo vai depender dos fatores já citados acima. Por isso é importante analisar todos os ambientes que são partilhados, para assim determinar a frequência mais adequada para a higienização.

Ckecklist para a higienização dos ambientes comuns do condomínio

Para facilitar a tarefa de limpeza, decidimos criar uma checklist que visa orientar este processo.

Sendo assim, uma sugestão de passo a passo para a higienização das áreas comuns pode ser definida como:

  • Identifique os espaços que são de uso coletivo;
  • Defina a periodicidade de limpeza ideal para cada área;
  • Escolha quais os ambientes que devem ser limpos primeiro;
  • Escolha os produtos de limpeza que devem ser comprados para a tarefa;
  • Analise o tipo de higienização que deverá ser feito no local;
  • Contrate uma empresa especializada em limpeza de condomínios.

Por fim, na Perímetro Final encontra uma equipa treinada e qualificada para todos os tipos de higienização. Entre em contacto connosco e solicite o seu orçamento.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

8 + nine =

Post comment